01/10/2018
O Tsuru Laranja | Posvenção de Suicídio | Nomoblidis

O Tsuru laranja

O último dia do Setembro Amarelo amanheceu nublado com cara de chuva, mas quente, findando o mês que anuncia o início da Primavera. Não havia dormido bem, uma gripe apareceu e não e deixou descansar direito, […]
23/08/2018
o buraco negro do luto por suicídio

Buraco Negro

Esta semana completei mais um ano de vida, o segundo sem a Marina. No primeiro consegui passar por ele de forma serena, acredito que foi devido a não fazer muitos planos e justamente neste dia ocorreu […]
04/08/2018

O bolo e a vida

O bolo e a vida Minha avó paterna D. Irene fazia um bolo divino, que ela chamava de bolo d’água e a Marina amava o bolo, aliás todos os netos e os bisnetos amavam o bolo […]
08/07/2018
Um dia de cada vez - Nomoblidis

Um dia de cada vez

Ouvi uma pessoa dizer que há beleza no luto, confesso que fiquei bem confusa, não vejo beleza em se perder alguém que se ama, a morte faz parte da vida mas ainda não consigo ver beleza […]
19/03/2018

E não teve bolo

Se estivesse viva, Marina teria completado 21 anos ontem, 18 de março. E foi um dia diferente para mim, no ano passado, nesta data, ainda em choque não me dei conta do tamanho do significado do […]
12/01/2018
presença da ausência

A presença da ausência

A presença da ausência:  Até hoje o mais difícil de tudo que enfrentei na vida está sendo aprender a viver com a ausência da Marina,  sua presença não é mais física mas suas lembranças estão em […]
03/12/2017
Marina e Eduardo

Verbena

O nome dela era Marina, mas ela era muito mais que isso: era Bacashy, Orangehay, Assucena Sunstrider, Esparadrapo e muitas outras que não conheci ou não me lembro no momento. Ela era minha melhor amiga. Uma […]
17/11/2017

Espere por nós

Espere por nós Marina A vida é cheia dessas As peças que são pregadas, desmontadas, Desajeitadas. Ninguém entendeu o que aconteceu Existem lágrimas por todos os cantos Olhar de espanto? E ela? Tomou algumas doses destes […]
17/11/2017
Marina Violao

Marina

Quem foi Marina Nossa filha Marina Guedes Maximo nasceu em uma manhã de terça-feira quente e ensolarada do mês Março de 1997. Marina foi uma pessoa maravilhosa, acreditamos que foi um  anjo que Deus deixou sobre […]